Um grupo de empresários protestaram hoje na sede da Prefeitura de Ilhabela. Eles cobram ajuda da prefeitura durante a quarentena. Houve aglomeração e muita confusão quando grupo invadiu o Paço e a Polícia Militar precisou ser acionada.

De máscaras, empresários e comerciantes cobraram da gestão medidas de apoio durante a quarentena, como linhas de crédito e isenção de impostos. Cerca de 200 pessoas participaram do ato.

O movimento começou por volta das 10h em frente ao Paço. O grupo se reuniu com cartazes em frente ao paço e reivindicava uma reunião com a gestão para definir medidas de apoio.

Durante o protesto, o grupo decidiu invadir a prefeitura, que estava com portões fechados.

Ilha Bela é uma região que depende 100% do turismo e infelizmente um dos setores mais afetados com a epidemia é justamente o turismo. Sem ter condições de manter suas empresas estes cidadãos lutam pelo direito de sobreviver pois o governo nunca os ajudou.

Depois da reivindicação os representantes dos empresários foram chamados para uma reunião com a gestão que acontecia até às 13h.

De acordo com os organizadores, entre as reivindicações estão isenção de impostos com ISS, IPTU, taxas de fiscalização e linhas de crédito com juros de até 4% e início de pagamento em 12 meses.

A Prefeitura de Ilhabela informou que recebeu representantes de empresários do município para esclarecer dúvidas e apresentar um projeto de lei voltado para a área.

“Após a explanação do executivo e dos empresários ficou acordado que o PL seguirá para a Câmara para aprovação. Desde o início da pandemia, a prefeita Maria das Graças Ferreira, a Gracinha tem recebido os empresários e acolhido suas reivindicações. O parecer do jurídico sobre elas foi apresentado ontem e possibilitou a elaboração do atual projeto de lei”, diz nota enviada pela gestão.

Ilhabela tinha registrado nove casos de Covid-19 até o início da tarde desta sexta.

Protesto de empresários por ajuda fiscal na quarentena causa aglomeração em Ilhabela — Foto: Tribuna do Povo

Protesto de empresários por ajuda fiscal na quarentena causa aglomeração em Ilhabela — Foto: Tribuna do Povo